Não é de hoje que alguns aplicativos lançados vêm gerando polêmica, antes Lulu que também foi proibido agora é a vez do Secret. O app que permite a publicação de postagens anônimas, está com os dias contados no Brasil.

O aplicativo que foi lançado em fevereiro deste ano, gerou insatisfação para muitas pessoas, alguns usuários até chagaram a utilizá-lo para ciberbullying, divulgação de fotos e informações privadas, difamação ou até mesmo difusão de mentiras sobre algumas pessoas.

Nesta terça-feira, 19, a justiça determinou que o aplicativo Secret deverá ser removido do Google Play e na App Store. A medida foi tomada por considerar que ele fere o artigo 5º da Constituição Federal, que determina ser “livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”.

De acordo com a decisão, as lojas que disponibilizam o app tem 10 dias, a partir da data de notificação para retirá-lo do ar. Porém, as empresas ainda podem recorrer.

E tem mais, a advogada que foi responsável pela ação, levando a retirada do app diz que entrará na justiça para que a empresa retire do anonimato os usuários que difamaram seu cliente.

Agora, é só aguardar os acontecimentos.