Para trabalhar com o mundo digital primeiro você precisa entender seu mercado e como ele se comporta. Desde a década de 60 foram analisados vários tipo de perfis, tanto como usuário e consumidor.  Vamos dividir cada perfil por geração, chamadas de: Baby Boomers,  X, Y, Z, e Alpha.  Cada geração representa um momento da humanidade, em quão avançada estava a tecnologia e como os hábitos e costumes influenciavam na sociedade.

Baby Boomers

No período pós Segunda Guerra Mundial nos Estados Unidos, entre 1946 e 1964, houve um grande aumento na taxa de natalidade, o famoso “boom” de filhos. Esses se integrariam ao contexto de retomada da economia no país.

Também foram muito engajados em causas sociais, tais como o papel da mulher na sociedade. Pregavam a paz, o amor e o sexo livre. A defesa dessas ideologias resultaram em mudanças que vivemos ainda hoje.

Geração X

E então vieram os filhos dos Baby Boomers entre as décadas de 60 e 80. Essa geração se caracterizava por ser o oposto de seus pais, pois não compactuavam com a filosofia hippie. Seu perfil se caracterizava pela busca de seus direitos, fato que fez com que protagonizassem as “Diretas Já” no Brasil.

O profissional da Geração X possui certa resistência em relação a tudo que é novo e apresenta insegurança em perder o emprego para pessoas da nova geração.

Geração Y

A internet desencadeou uma mudança comportamental significativa. Ao mesmo tempo que a Geração Y usufruía dos benefícios trazidos pela rede global para compartilhar informações, eles também se tornaram mais autocentrados por poderem se comunicar com qualquer pessoa sem sair de casa. Essa capacidade de interação e facilidade de acesso à informação fez com que crescessem com a necessidade de rapidez e instantaneidade.

Em relação à carreira profissional, ao contrário da geração X, a geração Y não se acomoda por estabilidade. São mais preocupados com a realização de seus sonhos do que a garantia de um salário provido pela monotonia.

Geração Z

A geração Z também pode ser chamada de “nativos digitais”, pois já nasceram em um mundo com fácil acesso à internet e desconhecem uma realidade sem seus benefícios. A competitividade e a colaboração são traços marcantes nessa geração pois foi um ideal que os games trouxeram, e essas pessoas acompanharam o desenvolvimento dessa indústria e o incorporamento da mesma em seu cotidiano.

Tantas tecnologias desenvolveram nesses jovens a FOMO (Fear of missing out), uma síndrome que gera a ansiedade por perder algum acontecimento quando se está desconectado.

Geração Alpha

Conectados a tecnologia desde o berço, uma diferente maneira de ver o mundo “O mundo não precisa formar mais gente que pense igual aos outros, precisa de gente que pense diferente.” (Denis Russo). “Geração sem definição exata até o momento, mas já possuem um hábito de comportamento: é uma geração eternamente conectada e mais preocupada com problemas ecológicos e meio ambientes.”

Geração nascida a partir de 2010. Segundo estudiosos, esta geração será caracterizada pela instrução e educação. Nenhuma outra geração teve tanto acesso ao conhecimento humano como a que começa a se formar. Ainda sem características precisas e bem definidas, a única certeza é que, são conectados em rede e a Geração Alfa será composta tanto de filhos geração Y, como da Geração Z.

Gerações- baby-boomers-z-y-x-alpha

Raddar Digital Media compartilhar conhecimento nunca foi tão fácil, pense nisso e comece agora suas descobertas online. Agende um café conosco, podemos ajudar a sua empresa a fazer parte dessa revolução.