Para gerar mais tráfego, é essencial fazer a análise on page, avaliando se a estratégia definida está alcançando os resultados desejados. Para isso, é preciso fazer pesquisa de palavra-chave, criação de títulos e meta-descriptions otimizados, além de orientação para linkagem interna do site, disposição das informações e criação e adequação de conteúdo. Essas práticas demonstram a importância da reotimização de conteúdo e do uso correto das técnicas de SEO.

Para saber como otimizar seus canais para aumentar o tráfego orgânico em sua página, continue a leitura.

Entendendo a reotimização de conteúdo

Reotimização de conteúdo é o trabalho realizado para aumentar o resultado orgânico de um site através do aperfeiçoamento de conteúdos já produzidos e publicados. A técnica tem o objetivo de descobrir artigos e textos que precisem melhorar sua posição nos resultados de busca, alcançando mais visibilidade e cliques, além de atrair novos visitantes para o site.

Como selecionar as reotimizações

Para fazer a reotimização de conteúdo, o primeiro passo é descobrir quais textos precisam ser trabalhados para melhorar o posicionamento. Aqui a dica é usar o Google Search Console para acessar o Search Analytics, que vai apresentar um relatório com os cliques recebidos através da busca orgânica, parecido com o que o Google Analytics gera.

Com esse relatório em mãos, é hora de avaliar a quantidade de impressões do conteúdo. Para isso, é necessário marcar as opções “impressões” e “posição” e desmarcar “cliques”. Com essa definição, a ferramenta vai mostrar as palavras-chave dos conteúdos rankeados, as impressões para cada palavra e o posicionamento médio do site.

Como fazer a reotimização de conteúdo

  • Identificar as páginas com potencial de crescimento

Para definir as páginas que possuem potencial de crescimento, analise os resultados alcançados no Google Search Console. A dica é fazer a reotimização de conteúdo das palavras-chave e páginas com posição média entre 8 e 15 na busca do Google, além de boas impressões e poucos cliques.

  • Descobrir e corrigir defeitos de elementos on-page

Ajuste os elementos on page para atrair o usuário para o seu site e garantir uma melhor experiência. A recomendação é verificar e corrigir título, meta description, heading tags, imagens e links internos.

  • Melhorar o conteúdo

Para melhorar o conteúdo, vale fazer uma leitura crítica do texto para identificar os pontos fracos. Uma boa dica é alterar seu texto com base no que foi produzido pela concorrência. Mas atenção, isso não significa copiar! Leia os principais resultados do Google para a palavra-chave que você utilizou no seu conteúdo e produza algo melhor.

  • Republicar a página.

Depois de completar o processo de reotimização de conteúdo, é interessante republicar o material, de preferência na página inicial, pois isso permite que a prioridade dos links seja reorganizada e o robô de rastreamento do Google revisite a página para indexar o conteúdo reotimizado.

 

Caso o blog já tenha um grande acervo de conteúdo, é adequado revisar os resultados continuamente e fazer a reotimização de conteúdo de duas páginas por semana. Para melhorar o conteúdo de sua página, conte com quem é referência no mercado. Agende sua visita na Raddar Digital e acompanhe novidades e informações sobre marketing digital em nosso blog.