A preocupação com a segurança de dados na internet e a forma como as informações são transmitidas é cada vez maior. Demonstrando a importância desse tema, o Google anunciou que reforça ainda mais a necessidade de transformar a web em um ambiente cada vez mais seguro para os usuários finais. Para entender melhor essa questão, confira o que é o protocolo HTTPS, como ele protege sua navegação e ajuda no rankeamento.

Protocolo HTTP x Protocolo HTTPS: qual a diferença?

A diferença entre esses protocolos está na maneira de transmitir a informação. O HTTP transmite as informações sem qualquer criptografia, o que permite que pessoas mal-intencionadas possam monitorar os dados que circulam e tenham acesso a senhas, por exemplo.

Já o protocolo HTTPS transforma a conexão em criptografada, evitando o acesso a senhas e informações e aumentando o nível de proteção dos dados.

Importância do protocolo HTTPS

O Google e outras ferramentas de busca estão constantemente tomando medidas mais rigorosas para manter a navegação e as informações da web mais seguras. Isso significa que as comunicações entre o navegador e o site são criptografadas por meio do SSL (Secure Sockets Layer) ou do TLS (Transport Layer Security).

O protocolo HTTPS ajuda a impedir ataques do man in the middle, além de proibir espiar, adulterar ou forjar o índice da comunicação em linha. Por essa característica, o HTTPS é importante para garantir que o site não é fraudulento e que o conteúdo é transmitido de forma segura.

Certificado para validar o protocolo HTTPS

Para ter as camadas de proteção do protocolo HTTPS, é preciso instalar um certificado SSL para garantir que os dados entre o seu servidor e o navegador permaneçam em segurança e privados. Mesmo se houver a tentativa de interceptação dos dados, eles não serão decodificá-los.

Confira a importância do certificado de segurança para o Google aqui.

Benefícios do protocolo HTTPS em websites

  • Melhor rankeamento nas ferramentas de busca.
  • Segurança ao usuário nas páginas em que ele compartilha dados pessoais.
  • Dados de referência permanecem intactos.

Atualização do Google Chromes para HTTPS

Para ajudar os usuários a identificar se a navegação em um site que transmite informações pessoais é segura, a versão 62 do Chrome será disponibilizada em 2017. A novidade é que todo site que tiver formulários, barras de buscas ou dados de compra, terão o aviso “Não seguro” bem visível.

Para mais informações e novidades sobre marketing digital e websites, acompanhe nosso blog e fique de olho em nossas redes sociais: Facebook e Instagram. Agende uma visita e saiba o que nossos especialistas podem fazer por sua empresa.