Em uma sincera entrevista sobre sua vida pós-Microsoft e a amizade de 30 anos com o ex-CEO da Apple, Gates revela em quais áreas acredita que Jobs era melhor.

Steve Jobs era superior em design, reconhece Bill Gates

São Paulo – “Gostaria de ter o seu senso de design”. Foi esta a resposta sincera que Bill Gates deu a pergunta “O que Steve Jobs tinha que você gostaria de ter?”, feita por Charlie Rose, apresentador do icônico programa de televisão americano “60 Minutes”. A declaração faz parte de uma emocionante entrevista na qual o fundador da Microsoft reconheceu em quais áreas foi superado por seu amigo e rival Steve Jobs.

“Ele achava que tudo deveria seguir certa estética e, mesmo com o pouco conhecimento sobre engenharia, mostrou que o design pode te levar a uma boa direção. E assim produtos fenomenais foram desenvolvidos”, constatou Gates. “E ele tinha um senso intuitivo para marketing que era algo incrível”.

Gates também reservou boas doses de honestidade para analisar o desempenho das empresas fundadas por cada um deles. Ao lembrar que a sua Microsoft trabalhou em dezenas de tablets antes que a Apple desenvolvesse um modelo para chamar de seu, o milionário observou que o sucesso do iPad aconteceu graças a maneira com a qual Jobs e equipe “juntaram as peças do dispositivo”.

Mas a disputa entre os gênios e a concorrência entre as duas gigantes foram apenas dois dos pontos abordados por Rose ao longo da entrevista. Ao falar sobre o momento em que Jobs adoeceu, a entrevista revelou um Gates comovido com os dias que passou na casa do amigo.

E, de acordo com ele, o último encontro teve tom de balanço. Falaram sobre a vida, sobre o que aprenderam ao longo de todos os anos à frente de suas companhias e sobre suas famílias. Assim que termina a reflexão, Gates olha pra cima e seus olhos enchem de lágrimas.

 

Fonte: Exame.com