Post Modelo (1)

#ogiganteacordou, #vemprarua, #mudabrasil, #semviolencia, #acordabrasil

Esses são os termos mais mencionados nas redes sociais de brasileiros nos últimos dias. Mas como isso tudo ganhou as ruas? De onde saiu toda essa união? São milhares de pessoas manifestando, jovens, adultos, estudantes, empresários, donas de casa, pessoas tão diferentes e unidas! São pessoas diferentes, mas com algo em comum, uma nacionalidade, uma nação que quer mudanças, não pelos R$0,20 do aumento da passagem de ônibus, mas mudanças governamentais na educação, saúde, segurança, entre outras tantas.

Isso tudo começou nas redes sociais, aonde dia após dia vêm ganhando um crescimento constante. Pessoas de diferentes bairros, cidades e estados brasileiros, inclusive de outros países, todos com algo em comum: a insatisfação e a busca de um Brasil melhor.

À frente desse movimento podemos ver como as redes sociais têm poder, o poder de unir, onde seus usuários podem discutir livremente suas ideias sobre assuntos sociais, políticos e econômicos. É através da internet que as pessoas podem expor suas opiniões e ideais para diversas pessoas, onde compartilham informações capazes de impactar a sociedade.

A união das pessoas na internet não vem de hoje, já houve outros acontecimentos onde podemos comprovar a força que as redes sociais têm e que vem crescendo cada vez mais.

O homem mais poderoso do mundo é um grande exemplo do poder das redes sociais, o atual presidente dos Estados Unidos Barack Obama foi considerado o primeiro presidente digital do mundo. Foi através das redes sociais que Obama estabeleceu uma comunicação direta com o povo, e revolucionou a forma de fazer uma campanha política.

O poder da mobilização através das redes sociais é uma tendência mundial. As manifestações políticas no Oriente Médio no final de 2010, chamadas de Primavera Árabe são provas disso. A organização e a manifestação da sociedade civil são fundamentais para a construção de uma vida política ativa de um país e de um povo. Dessa forma, têm promovido consideráveis mudanças como a queda de ditadores.

Será que alguém ainda duvida deste poder que as redes sociais têm?

Começou com um simples comentário de opinião, acabou virando um post, esse post foi compartilhado, várias pessoas curtiram, pessoas que perceberam que não estavam sozinhas com suas opiniões, então foi feito um grupo, esse grupo cresceu e hoje resolveu sair das redes, do mundo online, foram se manifestar nas ruas, no off-line. O que começou como um manifesto de opinião cresceu e hoje é uma manifesto nas ruas de várias cidades do Brasil.

Hoje, 20 de junho, a população prepara nova manifestação em Goiânia, no grupo “Sexto protesto contra o aumento da passagem – unificado com o ato nacional” criado na rede social Facebook, 72.325 pessoas já confirmaram sua presença na manifestação, que acontecerá às 17 horas na Praça do Bandeirante, Av. Goiás com Av. Anhanguera, centro da capital.

Por Jéssica Danesi – Analista de redes sociais
Edição Vanessa Maia – Web Writer