As empresas reconhecem cada vez mais a importância ações para gerar tráfego ao site, além de leads e vendas. Dessa forma, é necessário desenvolver uma landing page que promova conversões através de estratégias digitais como links patrocinados, redes sociais, e-mail marketing e entre outros.

Confira o que é uma landing page, para o que ela serve e quais características devem estar presentes em uma página eficiente.

O QUE É?

Landing page é a página de entrada em um site, hotsite ou aba em rede social que direciona o usuário. Essa página permite que a empresa colete informações adicionais sobre o lead a cada etapa do ciclo de venda e construa o perfil do potencial comprador.

PARA QUE SERVE?

A landing page é utilizada em campanhas online ou off-line com o objetivo de captura de dados dos visitantes, divulgação de um novo produto ou serviço ou ainda atuação como filtro entre o usuário e o produto final.

Por ser uma página direcionada e otimizada para os usuários, permite que a empresa seja conhecida e divulgada, caso ofereça o produto ou serviço que o internauta procura.

Landind page: características para uma página de conversão eficiente

Landind page: características para uma página de conversão eficiente

CARACTERÍSTICAS:

Uma boa landing page deve se basear em estratégias bem elaboradas e definir testes e otimização utilizando as práticas abaixo.

  • Não estar integrada ao website:

É importante usar uma página dedicada que não faça parte do site, alcançando elevada taxa de conversão e ROI (Retorno Sobre Investimento) a partir de qualquer fonte de tráfego – seja ele pago ou campanha.

  • Planejar campanhas específicas:

Uma landing page eficaz pode ter centenas de páginas de destino voltadas para o público alvo de acordo com a fase do ciclo de compra.

  • Planejar a página para fontes de tráfego específicas:

A landing page deve ser específica para cada tipo de fonte de tráfego, considerando as necessidades e características de visitantes. Dessa forma, é possível direcionar cada fonte de tráfego para obter melhores taxas de conversão e avaliar o desempenho das ações.

  • Pensar na experiência do usuário:

A conversão deve ser pensada através da experiência do usuário, focando as ações em uma das três categorias de experiência: página de destino, caminhos de conversão e microsites. A escolha é feita com base no tipo de produto ou serviço oferecido e o estágio do ciclo de vendas.

  • Definir um objetivo e uma estratégia:

Um objetivo claro permite direcionar a estratégia e o design da landing page, tornando mais fácil a decisão do que é necessário na página.

  • Categorizar e pontuar os visitantes:

É importante criar uma escala de classificação relativa que permita analisar os cliques e ações que indicam que o visitante está mais engajado e, consequentemente mais suscetível a ser um lead qualificado e pronto para uma compra. Assim a empresa pode entender melhor os leads e definir o melhor tipo de abordagem.

  • Utilizar ferramentas de análise em tempo real:

Para analisar o que funciona na landing page, é possível utilizar ferramentas que disponibilizam dados e números que representam as reações do público alvo sobre a campanha, além de informações sobre o que esperam da empresa e onde ela pode melhorar.

  • Testar tudo constantemente:

As estratégias de criação e otimização da landing page devem ser pensadas e realizadas como uma única etapa, permitindo que a empresa veja o que funciona e o que não funciona na página e adotando práticas mais eficazes.

  • Integrar:

A landing page deve ser integrada a outras tecnologias de marketing para que os dados sejam transmitidos e os sistemas conversem entre si para criar, gerenciar e integrar as páginas. Essa análise deve se basear nas informações capturadas através da landing page, considerando as experiências de conversão dos visitantes desde o momento em que clicou até as páginas em que aterrissaram por meio de pós-conversão.

Agora que você sabe mais sobre a importância de uma landing page bem estruturada, conte com a Raddar Digital para divulgar sua empresa e converter ações de marketing digital em leads e compras.