facebook_likes_rede_social

Os anúncios do Facebook são hoje uma das mídias pagas mais rentáveis para quem busca conquistar novos consumidores em determinados segmentos, é o que revela um levantamento da agência digital Jüssi. Em análise com clientes da área de moda, em média 24% da receita total dos sites é proveniente dos Facebook Ads, enquanto apenas 5% da receita é proveniente de Google. Entre os sites de varejo que vendem multimarcas, a receita proveniente de Google (17%) ainda é maior do que a de Facebook (8%).

“De forma geral, percebemos que, para produtos que dependem de uma compra mais impulsiva, o Facebook pode ser mais atrativo para os anunciantes”, explica Henrique Russowsky, sócio-fundador da Jüssi.

A busca institucional é responsável pela média de 31% da receita dos sites analisados. Enquanto isso, marcas recém-lançadas e muito menos conhecidas tem em média apenas 5% de sua receita proveniente de buscas institucionais.

Além do segmento de moda, o Facebook também apresenta bons resultados como uma opção de mídia para captação de clientes em outras áreas que não dependem de impulso para compra, e sim de um ciclo de decisão mais longo. “A capacidade de segmentação e também de viralização são os principais motivos desse resultado. Nos anúncios de posts patrocinados, amigos podem recomentar o serviço oferecido no anúncio, o que nos demonstra um alto nível de qualificação da audiência atingida no canal”, completa Russowsky.

Fonte: Proxxima