Pesquisa da Nielsen em dez países revela que brasileiros também gostam de jogar, ver vídeos e ler notícias em seus celulares.

anuncio

Cerca de 75% dos brasileiros usam seus celulares para acessarem as redes sociais. Foi o que revelou uma pesquisa divulgada pela Nielsen. Esse número deixou o País em primeiro lugar entre os dez países pesquisados. mana, aponta que 75% dos brasileiros usam seus celulares para acessarem redes sociais – a taxa mais alta entre dez países pesquisados.

O Brasil também se destaca no uso de aplicativos de jogos (68%), de serviços de geolocalização (56%), e na audiência de vídeos ou TV no celular (43%), ocupando a segunda posição nos três quesitos e perdendo, especificamente, para China (70%), Coreia do Sul (59%) e, novamente, Coreia do Sul (44%).

A pesquisa The Mobile Consumer: A Global Snapshot foi realizada na Austrália, Estados Unidos, Índia, Itália, Rússia, Reino Unido e Turquia, Brasil, China e Coreia do Sul. A pesquisa teve como objetivo avaliar o comportamento das pessoas em relação ao uso de seus aparelhos móveis.

Pelo menos 21% dos brasileiros usa o chamado “multimedia phone”, celulares com teclado qwerty e/ou touchscreen, sem sistema operacional avançado – a taxa mais alta entre os pesquisados. O país com maior índice de smartphones é a Coreia do Sul (67%) e de “feature phone” (celulares sem qwerty, touchscreen ou sistema operacional avançado) é a Índia (80%).

A resistência dos celulares com teclado qwerty no Brasil – uma exceção entre os países pesquisados – é reflexo do alto uso de redes sociais e também de instant messaging: 57% dos entrevistados usam o serviço de texto via internet, atrás somente de coreanos (70%) e chineses (67%). Brasileiros ainda ocupam a terceira posição na taxa de uso de aplicativos de notícias (45%), atrás, novamente, de China (55%) e Coreia do Sul (54%).

Plano de dados

Os altos valores dos planos de dados colocaram o Brasil na última colocação ao lado da Rússia na compra de pacote de dados com 43%. Reflexo disso é também no grande número de brasileiros que, na busca pela operadora mais conveniente, possui mais de um aparelho: 48%, atrás somente da Rússia (51%).

A pesquisa também analisa o comportamento relacionado a veiculação de anúncio em celulares: 38% dos brasileiros dizem receber anúncios via mensagem de texto/SMS, a taxa mais alta entre os pesquisados. Metade dos brasileiros não se incomodam com anúncios em celulares, desde que possam acessar conteúdo gratuitamente. A mesma taxa de russos e americanos disseram não se importar, ficando atrás somente dos indianos, com 54%.

 

Fonte: Meio & Mensagem