Tráfego Pago: o que é, como fazer e estratégias de anúncio
Conquistar novos clientes para fazer aumentar o faturamento é um dos principais objetivos de qualquer negócio. Contudo, para alcançar esse objetivo é preciso tornar-se mais relevante com a sua marca. Nesse contexto, o tráfego pago se mostra uma excelente alternativa, especialmente porque contribui para dar visibilidade aos negócios em fase de consolidação e expansão.

Em outras palavras, investir em tráfego pago é uma estratégia bastante eficiente para aumentar o número de visualizações das suas páginas na internet e, consequentemente, tornar o seu negócio ainda mais conhecido. Sendo assim, se você quer saber como otimizar os seus resultados investindo nesse tipo de canal, veio ao lugar certo. Continue a leitura e descubra como utilizar o tráfego pago a favor do seu negócio!


Afinal, o que é tráfego pago?

No Marketing Digital, tráfego é o volume de acessos dos usuários de uma página na internet, sejam eles referentes ao site, blog ou redes sociais de determinado empreendimento digital. Tendo em vista que a principal atribuição dos canais de comunicação de uma empresa é aumentar o volume de pessoas que conhecem sua marca, aplicar estratégias que gerem maior engajamento é uma prática fundamental.

À vista disso, o tráfego pago nada mais é do que uma estratégia utilizada para facilitar este caminho. Basicamente ele se trata de um mecanismo de investimento que tem por objetivo assegurar um volume maior de acesso às páginas online, por meio de anúncios ou links patrocinados, por exemplo.

Resumidamente, o tráfego pago é um método no qual se investe dinheiro para que as plataformas de anúncios divulguem a marca, um produto ou serviço, de modo a atrair maior volume de visitas ao perfil na internet ou oferta. Destaca-se ainda sua vantagem em estar presente nos mais diversos canais, o que permite atingir públicos diferentes.


Tráfego orgânico e tráfego pago: qual a diferença?

Apesar de ser um ótimo canal para atrair mais público, o tráfego pago não se trata de uma única forma disponível para elevar o número de visitantes de uma página na internet. Além dele, é possível adotar outras estratégias de Marketing Digital, como o tráfego orgânico. Basicamente, a diferença entre os dois passa pelo investimento necessário, tendo em vista que no método orgânico não estão inseridos custos diretos.

De modo geral, o tráfego orgânico consiste na produção de conteúdos relevantes, pensados de forma a gerar mais visitas naturalmente. Para tanto, é preciso investir tempo e dedicar-se à produção de conteúdo, mas, tecnicamente, ele não está atrelado a custos financeiros. Em contrapartida, seus resultados tendem a ser mais demorados, enquanto no tráfego pago é possível observar efeitos positivos imediatos.


Qual a importância de se investir em tráfego pago?

Levando em consideração que o tráfego orgânico pode gerar maior volume de visitas sem a necessidade de investir dinheiro, essa é uma boa oportunidade de crescimento com menor investimento possível. Entretanto, esse tipo de tarefa pode ser bastante complicada, já que exige mais tempo para gerar resultados, além de conhecimentos específicos e habilidades essenciais como análise de mercado e SEO.

A principal missão de tráfego orgânico é ranquear as palavras-chave na primeira página do Google. Prova disso é que, de acordo com a Moz, 71% das buscas na internet resultam em cliques nos primeiros resultados exibidos, enquanto apenas 5% acessam as páginas seguintes. Portanto, o tráfego pago pode gerar excelentes resultados, tendo em vista que apresenta uma resposta mais rápida e não demanda um custo tão alto como muitas pessoas imaginam.


Quais as principais fontes de tráfego pago?

Diversas plataformas atuam no segmento de anúncios na internet. Por isso, é muito importante escolher os melhores canais de acordo com as necessidades do seu negócio, já que eles apresentam objetivos diferentes, bem como atuam com foco em públicos-alvo distintos. A seguir, listamos as principais fontes utilizadas. Confira quais são!

 

Google Ads

Também chamado de Google AdWords, o Google Ads é uma ferramenta de anúncios criada pelo Google para que empresas tenham a oportunidade de se destacarem na internet. De modo geral, elas pagam um determinado valor para o Google exibir a marca em formato de anúncios na internet, principalmente nos sites parceiros. 

A grande vantagem do Google Ads é permitir que as empresas anunciantes da plataforma possam segmentar o seu público, isto é, o conteúdo é entregue de acordo com o perfil da audiência, otimizando assim os resultados, já que normalmente exibe-se preferencialmente para aquelas pessoas com maior proximidade ao produto ou serviço oferecido por sua empresa.

Em termos práticos, o Google Ads funciona como uma espécie de leilão no qual os anunciantes pagam pelos cliques principalmente de duas formas: através de um valor fixo a cada mil visualizações ou pelo número de cliques que o anúncio recebe de fato. Vale destacar, porém, que nem sempre o maior lance vence. É preciso cumprir também alguns critérios de qualidade.


Facebook Ads

O Facebook Ads se trata de um sistema de anúncios criados pelo Facebook que assim como o Google Ads, oferece uma série de possibilidades para que as marcas façam seus anúncios dentro da plataforma. Em geral, esse tipo de mídia paga é mais focado em propaganda no formato de vídeos e imagens, além de disponibilizar também algumas opções de segmentação. 

Ao anunciar no Facebook Ads, as empresas têm a oportunidade de ampliar o seu alcance na rede social, gerando assim novas possibilidades de fazer negócio. Além das opções de segmentação, por idade, sexo, região, por exemplo, o investimento também pode ser personalizado de acordo com os interesses dos anunciantes. Sendo assim, apenas são aplicados os recursos conforme necessidade.


Instagram Ads

Também pertencente ao grupo Facebook Inc., o Instagram Ads é uma ferramenta de anúncio exclusivo da plataforma. Por meio dela, o interessado pode anunciar sua marca ou empresa através de publicações no feed e Stories. Assim como ocorre no Facebook Ads, os anúncios são veiculados em formatos distintos, sobretudo com o uso de fotos, vídeos ou uma sequência dos dois (carrossel), e textos. 

A ferramenta é excelente para gerar conversões, aumentar o engajamento na própria plataforma, gerar cliques em sites, ofertas e muito mais. Ao criar os anúncios no Instagram, os anunciantes podem aumentar o volume de visitas no site ou blog, já que traz maior visibilidade e reconhecimento de marca. Além disso, essa pode ser uma estratégia eficiente para educar o seu público-alvo, gerando leads ou inserindo novos clientes na sua jornada de compras.


Youtube Ads

O Youtube Ads é um canal de divulgação muito útil para negócios que investem na produção de vídeos como uma estratégia para destacar sua marca na internet. Atualmente os vídeos representam um número considerável do tráfego online e, portanto, são ótimas ferramentas para atrair e encantar sua persona através do Marketing Digital.

O que achou deste artigo? Agora que já conhece os principais detalhes sobre o tráfego pago, não perca mais tempo e comece a investir nessa estratégia agora mesmo. Entre em contato com nossos especialistas e descubra como atingir milhares de pessoas com o seu negócio!